fev 23

Desenvolvimento de Produtos/Serviços Sustentáveis

Sustentabilidade Deixe um Comentário sustentavel_banner

Como dito no artigo sobre Retorno do Blog e Planos para 2011 um dos meus objetivos com relação ao blog era diversificar um pouco mais os assuntos tratados pelo blog, parte dessa diversificação já começou a ocorrer com os dois artigos sobre negócios, Mitos e Inverdades sobre Empreendedorismo e Dicas Iniciais Para Abrir Seu Negócio, mas além da diversificação para o empreendedorismo, pretendo também dar um pouco de ênfase as questões que envolvem sustentabilidade e inicio isso com esse artigo.

Sustentabilidade

A palavra da moda nos últimos anos e talvez nos próximos também é com certeza “sustentabilidade”, porém essa sustentabilidade está sendo tratada por muitas empresas e/ou pessoas de forma muito superficial, bancos enviam suas correspondências em papel reciclado e chamam isso de sustentabilidade ou de atitude sustentável, outras empresas colocam cestos de lixo coloridos nas mesas de cada funcionário e acham que isso já é mais que o suficiente para se chamar de empresa sustentável, será que é esse mesmo o caminho da sustentabilidade?

Analisando um pouco a palavra sustentabilidade podemos separá-la em dois radicais sustentar e habilidade, ou seja sustentabilidade é a habilidade de sustentar ou proporcionar a sustentação de algo ou alguém, no contexto atual esse algo é o planeta, ou até o universo, e esse alguém são todas as formas vivas do planeta, pessoas, animais, arvores e outras formas vivas. Agora voltando a pensar nas atitudes ditas sustentáveis será que enviar cartas em papel reciclado e colocar latas de lixo colorido são realmente suficientes para sustentar o planeta e as formas vivas como as conhecemos hoje?

Muito se fala em cada um fazer sua parte, se cada um cuidar do seu quintal o pouco que cada um fizer somado se tornará muito, acredito que essa realmente seja a atitude certa a ser tomada pelas pessoas, mas o que vemos hoje s’ão as empresas fazendo o papel das pessoas e achando ser o suficiente para garantir a sustentabilidade do planeta. O que quero abordar com esse artigo e que, sim, cada um deve fazer o seu papel, mas o papel de uma empresa e diferente do papel das pessoas. O papel das pessoas é aquele amplamente divulgado e debatido pelos meios de comunicação e portanto não é o foco desse artigo, o foco desse artigo e sim falar do papel das empresas

O Papel das Empresas

As pessoas consomem o que as empresas produzem, se o papel das pessoas é fazer a sua parte o papel das empresas e proporcionar meios para que as pessoas façam sua parte (isso não significa que funcionários de empresas não precisam fazer a sua parte de forma individual), e uma das melhores formas de se fazer isso é criando produtos/serviços que promovam a sustentabilidade.

Pensem numa empresa de geração de energia, todos dependem de energia elétrica para sobreviver nos dias de hoje, então se as empresas de geração de energia continuarem produzindo energia elétrica a partir da queima de combustíveis fósseis (uma das formas que mais agridem o meio ambiente) as pessoas não terão outra alternativa se não utilizar aquela energia poluidora (sim, elas podem cobrar melhorias, mas não podem deixar de usar) portanto uma empresa que produz energia a partir desse tipo de técnica não proporciona meios para que as pessoas façam sua parte.

Se as pessoas pudessem escolher qual tipo de energia usar (e se isso fosse corretamente explicado para elas), com o mesmo custo e facilidade de uso, alguém acha que elas não escolheriam o tipo de energia que gera menos impacto ao meio ambiente?

Mas esse é um exemplo de grandes empresas que produzem commodities que são utilizadas pela grande maioria das pessoas e empresas do mundo que está muito longe da realidade da maioria das empresa no mundo, correto? Se você pensa assim com certeza você não da o menor valor a atitudes sustentáveis. Qualquer empresa, seja ela uma marcenaria no fundo do quintal da sua casa onde somente você trabalha, a grandes empresas do setor de petróleo e gás ou de siderurgia pode tomar medidas que favoreçam as sustentabilidade, você marceneiro pode passar a utilizar como matérias primas madeiras de fontes legais, mas você deve ter em mente que essa nova madeira que irá utilizar tem que ter a mesma qualidade ou melhor, por um custo menor ou igual ao da madeira anteriormente utilizada, ou se não seu cliente ainda vai preferir a outra, e não me diga que não existe, pois ela com certeza existe, basta pesquisar um pouco que encontrará algo que satisfaça essas condições.

Agora você que não trabalha com marcenaria, simplesmente transporte esse exemplo a sua realidade, procure encontrar atitudes tomadas pela sua empresa que não proporcionem a sustentabilidade, depois de encontrá-las procure outra forma de faze-la com a mesma qualidade e custo de forma menos agressiva, talvez você não irá encontrar de todas, mas com certeza poderá encontrar algumas e melhora-las, talves até encontrará algo melhor que você não tinha pensado anteriormente, e como isso proporcionar os meios necessários para que as pessoas façam a parte delas

O Papel das Pessoas em Relação as Empresas

O papel das pessoas simplesmente como pessoas e aquele que como dito é amplamente divulgado pelos meios de comunicação, agora o papel das pessoas com relação as empresas é cobrar produtos/serviços que auxiliem você no seu papel, e caso não encontrem nessas empresas procurar outras empresas que façam realmente esse papel, e não que apenas tomem uma ou outra atitude somente para manter um titulo de empresa sustentável.

Deixe uma resposta