abr 20

Plano de Negócios: Plano Operacional

Plano de Negocios 16 Comentários bp_banner

Continuando a falar de plano de negócios nesse artigo vou tratar do Plano Operacional, nesse capítulo do seu plano de negócios você deverá descrever como sua empresa está estruturada, tanto do ponto de vista físico, com relação as instalações da sua empresa, os equipamentos que ela possui quanto do ponto de vista de recursos humanos, quantos funcionários sua empresa possui, se existe uma hierarquia entre esses funcionários, e qual é essa hierarquia.

Arranjo Físico

É realmente o arranjo físico da sua empresa, se sua empresa é uma industria você deve demostrar onde está localizado o maquinário responsável por cada etapa do desenvolvimento do seu produto, onde fica o depósito da sua empresa, onde está localizada a área administrativa. Se sua empresa for uma loja, onde está localizado o caixa, onde está o deposito, se sua loja é dividida em setores onde fica cada setor, se sua empresa possui um escritório descreva os locais onde está localizado cada item do seu escritório, se for possível faça isso através de uma planta, pois descrever de modo textual o arranjo físico da sua empresa pode ser bastante complexo e confuso.

Você não precisa entrar nos mínimos detalhes desse arranjo físico, a pessoa que for avaliá-lo deve entender o funcionamento da sua empresa, mas não precisa saber onde está localizada cada máquina individualmente e muito menos onde está localizado o cofre da empresa.

Recursos Humanos

Esse item é basicamente uma lista dos funcionários da sua empresa, seus cargos funções e qualificações. Se sua empresa ainda não foi montada e portanto os funcionários ainda não estão completamente definidos você pode descrever quais os cargos que serão futuramente ocupados por funcionários da sua empresa, e quais as qualificações que um candidato precisa para ocupar aquele cargo, além da sua função no plano de negócios essa descrição pode auxiliá-lo muito durante a etapa de seleção de pessoal para sua empresa.

Se sua empresa tem vários funcionários do mesmo cargo você não precisa descreve-los individualmente, basta descrever quantas pessoas ocupam aquele cargo e quais as funções e qualificações desse grupo de pessoas nesse cargo.

Hierarquia Operacional

Após descrever os cargos encontrados na sua empresa você deve descrever como esses cargos estão disposto hierarquicamente. Nesse ponto vale lembrar que não existe apenas um modelo de hierarquia, o mais comum dos modelos encontrados é a departamentalização por funções, onde os funcionários são divididos em departamentos de acordo com seu cargo ou função, essa hierarquia tem como vantagem a especialização dos funcionários e pode servir muito bem para uma empresa mais conservadora, mas além desses existe também os modelos de departamentalização por cliente, por processo, por produto e por projeto, além dos modelos mistos entre mais de um desses modelos.

Ao desenvolver o modelo de departamentalização da sua empresa, você deve levar em conta vários fatores, alguns desses modelos funcionam melhor em empresas de um determinado setor em relação a outro setor, um modelo baseado em projetos pode servir muito bem para uma empresa de construção civil onde cada novo empreendimento é um projeto, mas pode não funcionar muito bem para uma empresa comercial, onde a compra e venda de produtos é o foco da empresa, pois essa não trabalha com projetos, portanto você deve avaliar com cuidado e estudar cada um desses modelos para determinar qual modelo sua empresa irá seguir.

Capacidade Operacional

A capacidade operacional é a capacidade que sua empresa tem de prestar um serviço ou sua capacidade de produção, nesse cálculo influem o número de funcionários que essa pessoa tem, o número de maquinário que essa empresa possui para cada função, a capacidade de entrega de matérias-primas por parte de seus fornecedores,  capacidade de distribuição e armazenamento desses produtos pela empresa além de outros fatores. Basicamente é o quanto essa empresa pode produzir em determinado período, ou quanto serviço essa empresa pode prestar em determinado período.

Esse cálculo é mais fácil em empresas do ramo industrial, onde pode ser simplesmente descrito com algo do tipo “Capacidade Produtiva de X.000 produtos por mês”, mas é mais subjetivo em empresas prestadoras de serviços e comerciais, o que você deve ter em mente em todos os casos é que precisa passar um ideia clara do quanto sua empresa consegue produzir para o leitor do seu plano de negócios, seja isso feito através de números absolutos ou através de uma descrição mais complexa dessa capacidade produtiva.

Processo Operacional

Nesse ponto você deve descrever como serão realizadas as principais atividades do seu negócios, desde a chegada da matéria-prima necessária para o desenvolvimento de seu produto ou serviço até a entrega desse produto ou serviço a seu cliente final.

Conclusão

O desenvolvimento dessa capítulo além de servir para mostrar para o leitor do seu plano de negócios como é ou será o funcionamento da sua empresa também serve para que você analise melhor como é ou será esse funcionamento e reveja os pontos que podem ser melhorados fazendo modificações no modo como sua empresa trabalha ou revendo o seu planejamento inicial para o funcionamento dessa empresa.

16 respostas para “Plano de Negócios: Plano Operacional”

  1. monica disse:

    Obrigado foi muito válido, estou fazendo um trabalho de Empreendedorismo.

  2. Nilda Gouveia disse:

    Maravilha! Obrigada pelas dicas, foram muito uteis para o trabalho que estou realizando.

  3. emmely disse:

    eu sou comunitaria e trabalho com esse tipo de plano “operacional”

  4. tony disse:

    Foi muito uteis, para o trabalho que irá apresentar sobre o plano operacional.
    OBRIGADO.

  5. Adriele Candeira disse:

    Nooosa adorei,me ajudou muito na minha pesquisa!! Obrigada

  6. lilian silva disse:

    ola, boa tarde tenho um trabalho de planos de negócios e fique com a parte operacional… no meu caso tenho que especificar cada item falado a cima com os dados da empresa?

    • Paulo Eduardo disse:

      Ola Lilian,

      Sim, isso mesmo, esses itens são fundamentais em um plano operacional, você deve descrever cada um deles de acordo com a realidade da sua empresa, mas também pode incluir outros tópicos que achar importante e que sejam relativos aos funcionamento da empresa no dia a dia.

  7. jardilina disse:

    foi muito bom estou fazendo trabalho de RH.

  8. Vivian disse:

    Muito bom este capítulo que escreveu a respeito do plano operacional. Preciso descrevê-lo em meu TCC, tem alguma bibliografia que possa indicar?

    • Paulo Eduardo disse:

      Ola Vivian,

      A bibliografia mais recomendada para esse assunto é sem dúvida o livro Plano de Negócios : o Seu Guia Definitivo de Jose Carlos Assis Dornelas, mas existe ainda um outro livro que trata do assunto de forma mais lúdica ao fornecer uma narrativa mais próxima de um formato de romance contanto uma experiência de empreendedorismo intitulado O Segredo de Luísa de Fernando Dolabela.

      Acredito que como está escrevendo seu TCC sobre o tema ainda esteja se familiarizando com ele, por isso essa recomendação, já que, na minha opinião, livros extremamente técnicos podem confundir mais do que ajudar.

      Espero que tenha sucesso na conclusão de seu curso, se precisar de mais alguma coisa fique a vontade para perguntar.

  9. Ellen Christo disse:

    Boa Tarde,

    Estou fazendo um plano de negócio de uma loja de vinho online, então como posso descrever a capacidade operacional? Não consigo entender como fazer esse “calculo”. Ou melhor como estipular minha capacidade produtiva?

    Desde já agradeço muito,

    Ellen Christo

    • Paulo Eduardo disse:

      Ola Ellen

      No caso de um e-commerce geralmente a capacidade operacional é medida com base na sua capacidade logística (estoque + entrega), já que esses são os fatores que mais vão influenciar na sua capacidade de vendas.

      No caso da capacidade produtiva, como sua empresa é estritamente comercial e portanto não produz nada de fato, ela pode ser substituída pela capacidade de negociação com seus fornecedores e capacidade de compra (financeira mesmo).

      Mas claro todos esses fatores podem variar muito de empresa para empresa, na minha própria resposta estou presumindo que você tenha um estoque físico dos seus produtos, mas isso pode não ser verdade, você pode por exemplo ter um relacionamento mais estreito com seus fornecedores que permita que a cada nova compra no seu site você repasse esse pedido para o fornecedor específico de cada produto, isso dependeria de informações mais precisas sobre o estoque dele e não seu para funcionar, e faria com que o calculo de capacidade operacional fosse mais baseado na capacidade de vendas de seus fornecedores e nos seus acordos comerciais.

      Por isso vai depender muito de como sua empresa irá operar, mas de qualquer forma espero ter elucidado um pouco mais sobre o assunto, caso tenha mais alguma coisa fique a vontade para perguntar.

  10. Andréia disse:

    Boa tarde Paulo.

    Gostaria de saber se você possui um modelo de plano de negócio para uma empresa de comércio varejista de decoração de interiores que já está funcionando há quase 03 (três) anos, e não para uma empresa que ainda irá se estabelecer, que ainda será criada.
    Infelizmente só encontro modelos para empresas que ainda serão criadas…
    Estou precisando fazer um plano de negócio específico para poder realizar as minhas compras (produtos de decoração de interiores) diretamente de feiras internacionais (indústrias) e não mais de representantes comerciais (intermediários), pois, o preço além de ser outro, me possibilitará vender novidades na minha loja.
    Conto com a sua compreensão e ajuda.
    Aguardo o seu retorno.
    Atenciosamente,
    Andréia.

    • Paulo Eduardo disse:

      Ola Andréa,

      Modelos são meio difíceis de serem encontrados já que cada empresa é totalmente diferente da outra,

      Mas a diferença básica de um plano de negócios de uma empresa já criada para uma ainda em planejamento é que no caso da empresa em planejamento você trabalhará apenas com projeções e com pesquisas, já no caso de uma empresa já criada, além das projeções para o futuro dessa empresa você ainda deve incluir dados sobre o histórico anterior dessa empresa, no seu caso como a empresa já existe a 3 anos, o ideal seria incluir um histórico detalhado do ultimo ano e um histórico um pouco mais simplificado dos dois anteriores.

      Fora essa diferença na minha opinião trabalhar com uma empresa real, já estabelecida no mercado é até mais fácil, pois muitos dos dados necessários para elaborar o plano de negócios já são conhecidos ou são mais fáceis de se obter, e até mesmo as projeções são mais fáceis de se realizar pois já existe um conhecimento muito maior do mercado onde essa empresa atua.

      Espero ter ajudado.

  11. Eli disse:

    Olá Paulo,

    Estou fazendo um plano de negócio para uma loja e-commerce de produtos para horticultura urbana. Para estipular a minha capacidade produtiva, uma vez que eu não tenho produção, e a minha empresa é estritamente comercial como devo fazer? tenho um estoque físico de produtos.A minha produção será o volume de compras?

    Att,

    Ely

    • Paulo Eduardo disse:

      Ola ELy,

      Sua dúvida é bastante parecida com a da Ellen em um comentário nesse mesmo artigo, acredito que você deve levar em consideração os mesmo fatores sugeridos a ela.

Deixe uma resposta